Ads Top

Gearbest Amazfit GTR Smart Watch Only $139.99! promotion

DESVENDANDO O TERMINAL LINUX: shutdown, poweroff, halt e reboot.

Neste artigo, nós vamos entender as diferenças entre os comandos Linux: shutdown, poweroff, halt e reboot. Deixaremos bem esclarecido o que cada código faz quando você executa-os com suas opções disponíveis.


Se a sua intenção é mergulhar na administração de servidores Linux, estes são alguns dos comandos mais importantes do Linux que você precisa entender completamente para uma administração eficaz e confiável, principalmente, quando você deseja desligar ou reiniciar sua máquina, você executará um dos comandos abaixo:

SHUTDOWN: esse comando programa um horário para o sistema ser desligado, mas, também pode ser usado para parar, desligar ou reiniciar a máquina. Além disso, você pode enviar mensagem de manutenção para todos os usuários conectados antes de desligar o sistema, por exemplo.

Importante: se o recurso de templo for utilizado, 5 minutos antes do sistema desligar, será criado um arquivo em /run/nologin para garantir que não haja logins adicionais.

Exemplos dos comandos shutdown:
# shutdown
# shutdown now

# shutdown 13:20  define o horário para o desligamento
# shutdown -p now  desliga a máquina
# shutdown -H now  para todos os processos
# shutdown -r09:35  reinicia a máquina no horário definido


Para cancelar algum comando shutdown pendente, basta digitar:
# shutdown -c


HALT: esse comando instrui o hardware a parar todas as funções do processador, mas, mantém a máquina ligada. Você pode usar caso faça alguma manutenção de baixo nível.
Observe que, em alguns casos, ele desliga completamente o sistema. Segue alguns exemplos dos comandos:

# haltpara todos os processos
# halt -p
desliga a máquina
# halt --reboot reinicia a máquina

POWEROFF: esse comando envia um sinal ACPI que instrui o sistema a desligar.
Estes são alguns dos comandos que podem ser usados:

# poweroffdesliga a máquina
# poweroff --halt
para todos os processos
# poweroff --reboot reinicia a máquina

REBOOT: esse comando instrui o sistema a reiniciar a máquina.
# reboot reinicia a máquina
# reboot --halt
 para todos os processos
# reboot -p desliga a máquina

Isso é tudo galera! Como mencionado anteriormente, a compreensão desses comandos permitirá gerenciar de forma eficiente e confiável o terminal de seu computador e servidor Linux em um ambiente multiusuário.

Faltou alguma coisa? Alguma ideia adicional? Compartilhe conosco abaixo na área de comentários.




Escrito oor Aaron Kili (12/05/2017) no TECMINT e traduzido por Bruno Moyses (MADRUGUEDS)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.