Ads Top

GOOGLE CHROME OU CHROMIUM: O QUE É ISSO???

Esta matéria tem inspiração no conteúdo encontrado no blog do Diolinux e no site da Softpedia.



Provavelmente se você é um usuário do Linux, já deve ter usado ou tem instalado um dos dois navegadores instalados (usuários de Windows, provavelmente, devem ter somente o Google Chrome instalado), mas, você sabe qual é a diferença entre os dois navegadores? Muitas vezes ficamos na dúvida sobre qual utilizar, mas, não existe muita diferença entre eles... 

O Chromium é um projeto de código aberto no qual o Google Chrome é baseado que contém várias construções binárias para Windows, Linux e Mac OS, distribuídos diariamente ou periodicamente, mas, não é considerável estável; já o Google Chrome, tem três versões (dev, beta e stable) da qual a última (STABLE) é baseada nas versões beta mais estáveis e confiáveis, onde todos os bugs conhecidos são eliminados e testado antes de seu lançamento, recebendo novas versões a cada poucos meses para qualquer ambiente (Windows, Linux ou Mac OS).

O Google Chrome está se tornando mais e mais popular estimulado pela Google usando mais de sua força de marketing para promovê-lo e a liberação relativamente recente de betas estáveis para Mac OS, Windows e Linux. Isso tem a ver com a maneira como a Google lida com desenvolvimento do Google Chrome. No fundo, o navegador da web é fruto de um projeto de código aberto (Chromium). Todos recursos de desenvolvimento e de ponta ativos são adicionados à fonte do Chromium e várias compilações são disponibilizados a cada dia. Cada semana, ou às vezes mais rápido, a Google agarra a compilação mais recente do Chromium, dá um novo logótipo e um par de pequenas características nele e libera-o para o canal de desenvolvedores rotulando como 'Google Chrome dev'.

Usando o mesmo pensamento, de vez em quando, um mês ou às vezes mais, uma compilação "dev" do Google Chrome é escolhido para se tornar um beta. Todas as arestas são polidas e então um novo 'Google Chrome beta' nasce. Estes lançamentos são regularmente estáveis o suficiente para o uso diário. Finalmente, a cada poucos meses um "Google Chrome Stable build" é liberado após os desenvolvedores estarem plenamente assegurado que os novos recursos introduzidos na versão beta estão sólidos como uma rocha.

O fato é que ideologias e mercadologias à parte, o Chrome é a escolha óbvia de quem prefere uma experiência de navegação na Internet "out of the box", sem se preocupar com codecs, plugins e outros detalhes (como é o caso do Internet Explorer e até mesmo do Firefox). Por outro lado, o Chromium é mais adequado àqueles que gostam de ter um controle maior sobre o que instalam e aos que querem ter somente softwares livres em suas máquinas.

Portanto, a escolha é sua sobre qual navegador supre suas exigências e necessidades. 

Não deixem de seguir também o site do Diolinux: www.diolinux.com.br. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.